Mastologia

Já ouviu falar em Mastologia?

Mastologia, ou medicina da mama, envolve detectar e tratar doenças e distúrbios associados a mamas femininas e aconselhar as mulheres sobre como prevenir doenças da mama (inflamação da mama ou câncer de mama). Outras questões tratadas no campo da mastologia são a reconstrução mamária após a amputação da mama e o aumento das mamas com implantes (gel de silicone ou soro fisiológico) ou tecido autólogo no caso de reconstrução mamária.

 

MastologiaO termo mastologia significa a “ciência do peito feminino” e se origina do francês “le sein = chestom”. Os franceses, por sua vez, remontam ao latim “sinus”, que significa curva, conhecida pelos gráficos seno e cosseno na matemática, que lembram a forma de um seio.

 

A mastologia faz parte do campo maior da ginecologia, mas tornou-se reconhecida como uma disciplina por si só. Ela cuida do diagnóstico e tratamento de doenças benignas e malignas que afetam a mama. Graças à ultrassonografia e mamografia, agora é possível diferenciar os nódulos malignos e benignos. Em alguns casos, a ressonância magnética pode ser usada. Descartar a malignidade com certeza requer uma amostra de tecido tomada sob anestesia local, conhecida como biópsia. Sob anestesia local, as pinças são usadas para retirar uma amostra do tecido do tumor. O procedimento geralmente é indolor. Depois, uma compressa é aplicada para minimizar o risco de hematomas.

 

Cada nódulo benigno deve ser verificado regularmente. A remoção cirúrgica é recomendada para eventos benignos que causam dor ou mostram um crescimento rápido.

 

Como os seios são estruturados?

Os seios consistem em tecido adiposo e conjuntivo, bem como muitas glândulas que se parecem com pequenas amêndoas, daí o termo médico “glândula mamária”, ou seja, “amêndoas de peito”. Anatomicamente, os seios podem ser divididos em 10-12 lobos, cada um com uma glândula mamária. Essas glândulas consistem em numerosos sacos alveolares agrupados em lóbulos.

Dores nos seios? Agende sua consulta conosco.

Quando visitar uma clínica de mastologia ou procurar um mastologista?

Os pacientes geralmente são encaminhados para nossa clínica de mastologia após apresentarem sintomas como dor ou sensibilidade na mama, alterações na pele, secreção do mamilo ou sensação de nódulo ou inchaço.

 

MastologiaSe uma mamografia, ultrassonografia ou ultrassonografia mostrar resultados anormais, muitas vezes é necessária uma avaliação adicional. Um histórico médico completo, avaliação de mama, revisão de dados de testes recentes e avaliação dos sintomas serão realizados.

 

Muitas vezes, é difícil para um médico diferenciar alterações mamárias benignas ou hormonais de alterações suspeitas ou potencialmente malignas. É fundamental obter um histórico preciso ao avaliar, diagnosticar e tratar um paciente, bem como encaminhar um paciente para tratamento adicional.

 

Um exame físico completo da mama é importante para diferenciar a necessidade de rastreamento ou mamografias diagnósticas, bem como para sentir qualquer massa palpável, alterações no tecido ou para observar qualquer assimetria.

Fatores de Risco para Câncer de Mama

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, os fatores de risco para câncer de mama incluem:

 

  • Começando a menopausa em uma idade posterior a normal;
  • Nunca ter tido filhos;
  • Não ter amamentado;
  • Uma história pessoal de câncer de mama ou algumas doenças de mama não cancerosas;
  • História de câncer de mama na família;
  • Obesidade;
  • História da radioterapia no peito ou na mama;
  • Uso a longo prazo da terapia de reposição hormonal (progesterona / estrogênio combinados);
  • Ingestão de bebida alcoólica diariamente;
  • Sedentarismo;
  • Alterações nos genes relacionados ao câncer de mama.

Agende já sua consulta: (11) 3171-1408 ou 3171-2639

Ligue para nós, agende via Whats App ou clicando no botão.

Fale via Whatsapp